Por que participar da pesquisa de preço/ hora de usinagem pode ser importante para seu negócio?

Avaliar o preço praticado no mercado de usinagem é fundamental para se posicionar melhor e alcançar bons resultados. No último semestre, um problema já conhecido se tornou ainda mais evidente: os preços discrepantes. Com objetivo de entender melhor as práticas dos valores cobrados e ajudar as empresas a serem mais produtivas e lucrativas, a GRV Software em parceria com o Comprar Usinados elaborou uma pesquisa de preço/hora de usinagem.

Dados apresentados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostram otimismo e recuperação do setor metal mecânico mesmo após a segunda onda do COVID-19 na virada entre março e abril de 2021, a tendência é um mercado ainda mais aquecido para o resto do ano.

Segundo o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, essa alta se dá pela busca da recomposição de estoques. A utilização da capacidade instalada elevada e o crescimento constante no emprego, são resultado do rápido crescimento do segundo semestre do ano passado e da resiliência na indústria nos primeiros meses deste ano.

Apesar da boa perspectiva, a indústria no Brasil ainda encontra o obstáculo da falta de matéria-prima devido a medidas restritivas para conter o avanço do COVID-19, que interromperam a produção de insumos importantes para a indústria, como aço, resinas de plástico, vidros e outros, além da alta do dólar. Quando a economia voltou a se recuperar, as encomendas foram maiores que os estoques que existiam. 

Algumas empresas conseguem absorver parte deste impacto, reduzindo suas margens, outras aumentam seus preços, repassando os custos para seus consumidores. E ainda há uma parte do mercado que viu a escassez como uma oportunidade de nacionalizar peças. 

O fator “Preço” é uma das maiores preocupações dos usuários do Comprar Usinados, e por isso o portal se tornou uma excelente ferramenta de busca por novos fornecedores e de serviços com maquinário específico.

O portal Comprar Usinados tem feito um trabalho constante para entender as necessidades dos compradores, escutando com atenção suas sugestões e anseios, e um dos motivos de preocupação é em relação a valores… “Percebemos que há uma discrepância muito grande de preços, alguns fornecedores cobrando pouco, outros cobrando alto demais. Desta informação outros questionamentos se ramificam: Será que os custos estão sendo calculados corretamente? Empresas que praticam margens próximas do preço de custo, terão mais quanto tempo de vida? A falta de parâmetro e/ou o medo de perder a concorrência estão fazendo empresas lucrarem menos e serem menos prósperas? Já aquelas que cobram muito alto, será que sabem que estão perdendo negócios por causa do preço?” indaga Valdecir Pereira, CEO do Comprar Usinados.

A fim de ajudar as empresas do setor a terem um parâmetro em relação aos preços praticados, o Comprar Usinados em parceria com a GRV Software desenvolveu a maior pesquisa de preço/hora de usinagem do país, que dará a oportunidade de comparar o preço-hora médio de cada tipo de máquina (torno convencional, centro de usinagem, erosão de penetração, erosão à fio, entre outros), mercados de atuação, estados e certificações.

Por que esta pesquisa é tão importante para o setor?

A Usinagem é fundamental para o país e é preciso ter empresas produtivas e lucrativas para um setor próspero e competitivo.

Independente do estágio do negócio (novo empreendedor ou marca consolidada), conhecer e acompanhar as práticas de mercado permite que a empresa faça uma autoanálise para se posicionar melhor, encontrar oportunidades, corrigir erros, criar estratégias e implantar melhorias.

O preço não é somente o valor que é cobrado do cliente, ele reflete a gestão administrativa e também produtiva do negócio. Uma empresa que analisa e apura os custos dificilmente terá problemas na formação do preço de venda; uma empresa que acompanha e controla o chão de fábrica terá processos enxutos que estão diretamente ligados ao lucro; Qualidade e prazo justificam um preço mais alto e/ou podem ser considerados vantagem competitiva. Em suma, os preços devem ser constantemente reavaliados, assim como tudo que os compõem.

Crescer e se destacar exige planejamento e empenho dos empresários, por isso é essencial entender a área de atuação, seu posicionamento perante os concorrentes e como inovar e se diferenciar.

Como será a pesquisa?

A pesquisa é quantitativa, com a finalidade de oferecer dados objetivos e numéricos sobre preço/hora praticados por empresas de usinagem. 

Os participantes não serão identificados (pesquisa anônima), a fim de proporcionar maior veracidade dos dados apresentados.

Os dados serão segmentados de acordo com o estado, setores de atendimento, certificações e outros. A pesquisa possui perguntas sobre o valor médio praticado por cada tipo de máquina: torno convencional, centro de usinagem, erosão de penetração, erosão a fio e outras.

A pesquisa tem duração média de 7 minutos.

Há quem se destina?

Se destina a empresas do setor metal mecânico em todo território nacional, que desejam saber o preço médio praticado no mercado de usinagem.

De acordo com a FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), no Brasil existem cerca de 78 mil estabelecimentos pertencentes ao complexo metal mecânico, o que equivale a 25% do total da indústria de transformação nacional. Além disso, o setor representa um terço do total de segmentos industriais e 35,2% do PIB industrial.

Como os resultados serão apresentados?

Os dados coletados serão disponibilizados na WEB gerados através do Microsoft Power BI (filtros, gráficos e comparativos) e serão divulgados no evento on-line no dia 26/08/21 às 09h.

PARTICIPE E AJUDE O SETOR A PROSPERAR!

Basta acessar o link para participar do evento:

Acesse: https://bit.ly/evento-pesquisa-usinagem

Compartilhe:

Entre em contato


Quer fazer parte da rede de fornecedores e compradores do Comprar Usinados e ter acesso as melhores oportunidades de negócio de forma organizada, rápida e simples?

Entre em contato com a nossa equipe.

loading...
Comprar usinados
Desenvolvido por Semeia Propaganda.